Novembro Azul intensifica exames para detecção do câncer de próstata

Compartilhe!

Curtir
O município de Santos está realizando mais uma Campanha Novembro Azul, para conscientização sobre a importância da detecção precoce do câncer de próstata, o mais prevalente nos homens no Brasil (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma, mais comum na população como um todo).

Como o diagnóstico inicial aumenta as chances de cura, as policlínicas de Santos intensificam o chamado para que homens, travestis e mulheres trans a partir de 45 anos de idade procurem a unidade de referência do local de moradia e solicitem o exame para identificar os níveis do antígeno prostático específico (PSA), que pode indicar o câncer de próstata. Não é necessário agendamento para a solicitação de exames, que é feito pela equipe de enfermagem.

Quem tem menos de 45 anos também pode aderir à campanha, pois os demais exames são solicitados normalmente: hemograma completo com plaquetas, colesterol total e frações, ureia e creatinina, contagem de enzimas no fígado, contagem hormonal da glândula tireoide e coleta de escarro para tuberculose.

Já as pessoas que se autodeclararem negras ou pardas terão acesso a exames laboratoriais voltados às doenças que mais acometem essa população, como a anemia falciforme e a deficiência da enzima glicose-6-fosfato desidrogenase.

Além do atendimento na unidade de referência do local de moradia ao longo de todo o mês, Santos terá um Dia D em 25 de novembro, das 9h às 15h30, com a abertura de 16 policlínicas.

No município, o câncer de próstata causou 62 óbitos em 2022 e 34 em 2023.
 
* Com informações da Prefeitura Municipal de Santos

Álbum de Fotos