Moradores são contra as desapropriações de imóveis

Traçado do túnel afetará os bairros. Manifestação na Câmara recebe apoio dos vereadores

Compartilhe!

1 curtiu
Cerca de 100 moradores do Estuário e Macuco participaram da sessão da Câmara de Santos, nesta segunda-feira (23 de setembro). Contrários às possíveis desapropriações de imóveis dos bairros por causa da construção do túnel Santos-Guarujá, eles realizaram manifestação pacífica no plenário do Legislativo.

“Não somos contra o túnel e sim contra o traçado que está passando por cima de uma história”, disse o representante da Associação de Moradores e Amigos do Estuário (Amabe), Wagner Luiz Gonçalves Pontual.

Ele utilizou a Tribuna Cidadã para falar aos vereadores em nome dos moradores.  “Para onde vão essas pessoas? Vão expulsar a gente da nossa cidade. Salvem as nossas vidas”, apelou aos parlamentares.

Wagner aproveitou a oportunidade para apresentar aos vereadores uma moção de apoio aos moradores. O documento foi assinado pelos parlamentares.

Presente a sessão, a deputada estadual Telma de Souza (PT) também falou das desapropriações. Em seguida, os vereadores José Teixeira (PRP), Jorge Vieira da Silva Filho (PR), Evaldo Stanislau (PT), Cacá Teixeira (PSDB), Igor Martins de Melo (PSB), Sandoval Soares (PSDB), Benedito Furtado (PSB), Antonio Carlos Banha Joaquim (PMDB), Adilson Junior (PT), Fernanda Vannucci (PPS), Geonísio Pereira Aguiar (PMDB), Manoel Constantino (PMDB), Roberto Oliveira Teixeira (PMDB), Ademir Pestana (PSDB), Sergio Santana (PTB), José Lascane (PSDB) e Sadao Nakai (PSDB) também manifestaram apoio aos moradores.

No dia 16 de setembro, a Câmara criou uma Comissão Especial de Vereadores (CEV) para acompanhar os aspectos relativos à desapropriação de imóveis nos dois bairros. O grupo conta com sete parlamentares.

Apresentação do traçado
Também nesta segunda-feira, pela manhã, os vereadores se reuniram com o diretor-presidente da Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, e com o prefeito Paulo Alexandre Barbosa (PSDB).

O representante da Dersa apresentou aos parlamentas detalhes do estudo que concluiu pela escolha do local do túnel e do traçado das rampas de acesso.

Audiência pública
No dia 8 de outubro, às 19 horas, na Associação de Cabos e Soldados de Santos (Avenida Senador Dantas, 318, Estuário) será realizada audiência pública sobre o tema.

Coordenadoria de Comunicação Institucional
Câmara Santos
imprensa@camarasantos.sp.gov.br
(13) 3211-4145