Câmara pede tradução em LIBRAS para informações sobre o coronavírus

Solicitação ao Executivo foi apresentada através de requerimento

Compartilhe!

Curtir
Solicitação ao Executivo foi apresentada através de requerimento


 
Em tempo de pandemia do novo Coronavírus, todas as informações sobre o assunto são de extrema importância. Mas para a comunidade surda, as notícias e orientações nem sempre chegam de forma compreensível.

A dificuldade de entendimento tornou-se ainda maior a partir do uso obrigatório das máscaras, o que impossibilita a leitura labial. Isso acontece com quase 20 mil pessoas com esta deficiência só em Santos.

Pensando na acessibilidade e inclusão dessas pessoas, a Câmara aprovou requerimento solicitando ao Poder Executivo, que solicita que todas as informações sobre a pandemia, do COVID-19, assim como as orientações de médicos, especialistas e pronunciamentos da Administração Municipal a respeito, sejam transmitidas simultaneamente em Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS). 

A sugestão partiu do vereador Manoel Constantino, atendendo a uma solicitação da Congregação Santista dos Surdos, pois muitas pessoas não estão conseguindo acompanhar, inclusive os vídeos que estão sendo veiculados nas policlínicas e na Rede Municipal de Saúde sobre o assunto.

Álbum de Fotos