Rede Corporativa
, 16 de outubro de 2021.
26/07/2012
Perfil - Sadao Nakai
Qualidade do ar na Ponta da Praia atinge nível inadequado

Durante os dias 01, 02,03, 05, 06, 07, 21, 22 e 23 de julho, a qualidade do ar na Ponta da Praia permaneceu inadequada. O controle é feito pela Cetesb e os números estão disponíveis no site www.cetesb.sp.gov.br.

Não é de hoje que os moradores dos bairros próximos ao Porto, especialmente os da Ponta da Praia, convivem com o mau cheiro e com o pó produzido pelo embarque e desembarque de grãos nos terminais 39 e 40. Por isso, o vereador Sadao Nakai (PSDB) vem tentando mobilizar a sociedade através das redes sociais e pedindo apoio ao MP para tentar amenizar a poluição ambiental que atinge estes locais.

De acordo com as pesquisas realizadas pelo vereador no site da Cetesb, na última semana, a qualidade do ar na Ponta da Praia esteve sempre inadequada ou irregular. Nakai entende que a grande quantidade de partículas inaláveis se deve ao corredor de grãos instalado nos terminais 39 e 40. "O munícipe que deseja acompanhar a qualidade do ar e buscar mais informações para o controle da poluição do ar, deve acessar www.cetesb.sp.gov.br - no campo superior - AR/QUALIDADE AR/MAPA QUALIDADE AR/ INTERIOR E LITORAL, onde aparecerá um mapa do estado com todas as estações de monitoramento. Acesse em Santos/Ponta da Praia.

O vereador defende a utilização de filtros nos corredoreres de embarque e desembarque de grãos, nos terminais 39 e 40, para que as micropartículas não se espalhem com veemência nos bairros, acarretando doenças respiratórias e cardíacas, mau cheiro, além de sujar os carros e residências. No perfil do facebook do vereador, constam quais são os sintomas associados à quantidade de micropartículas por metro cúbico, das partículas inaláveis, definidas pela CETESB:

Regular 51 - 100  Pessoas de grupos sensíveis (crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias e cardíacas), podem apresentar sintomas como tosse seca e cansaço. A população, em geral, não é afetada. 

Inadequada 101 - 199  Toda a população pode apresentar sintomas como tosse seca, cansaço, ardor nos olhos, nariz e garganta. Pessoas de grupos sensíveis (crianças, idosos e pessoas com doenças respiratórias e cardíacas), podem apresentar efeitos mais sérios na saúde.

O vereador Sadao incentiva todos a criar registro de dados e fazer a reclamação na Cetesb, no telefone 3227-7767.

Histórico 

O vereador Sadao Nakai (PSDB) protocolou, em maio de 2011, representação no Ministério Público onde aponta a poluição ambiental que atinge, principalmente, os bairros da Ponta da Praia e do Estuário, próximos aos terminais 39 e 40, local de embarque e desembarque de granéis sólidos. O parlamentar esteve com o promotor de Meio Ambiente do Município Daury de Paula Júnior e entregou um CD com fotos e vídeos do estrago que os grãos provocam nestes bairros.

De acordo com Nakai, o mau cheiro provocado pela fermentação dos grãos provoca um odor parecido com fezes. "Além disso, no momento do despejo dos grãos nos porões dos navios, há um levante vertiginoso de poeira e de fuligem, partículas que acabam atingindo alguns bairros da Cidade". O vereador colheu um abaixo-assinado com 2 mil assinaturas, após denúncias de munícipes que passaram mau com o forte cheiro nas últimas semanas.

Nakai conseguiu agendar uma reunião entre o promotor de Justiça do Meio Ambiente e Urbanismo de Santos, Daury de   Paula Júnior e o presidente da Cetesb, Otávio Okano, para tentar encontrar uma solução para a diminuição da poluição ambiental.Nesta reunião, ficou definido que o Ministério Público atuaria para diminuir o impacto ambiental produzido pelo embarque e desembarque de grãos no cais santista. A promotoria  se comprometeu a convocar a Codesp e operadores dos terminais 39 e 40 para, em conjunto   com a CETESB, avaliarem a melhor solução para atenuar o mau cheiro que atinge os moradores da Ponta da Praia,   Estuário, Aparecida, Macuco e adjacências.

Nakai entregou ao presidente da instituição, Otávio Okano, a representação protocolada junto ao Ministério Público, em maio deste ano, junto com um abaixo-assinado com mais de 2 mil assinaturas dos moradores da Ponta da Praia.

“O abaixo-assinado acabou sendo de extrema importância para que a CETESB e o Ministério Público pudessem encaminhar as deliberações, já que não haviam registros anteriores de denúncias na CETESB Regional", afirmou Sadao.

De acordo com os últimos dados divulgados pelo IBGE, a Ponta da Praia abriga 36.940 moradores. Já o bairro da Aparecida conta com 30.448 habitantes. Macuco, e Estuário possuem juntos, aproximadamente, 26 mil munícipes, totalizando 90 mil pessoas nestas áreas de risco. Além disso, mais de mil unidades habitacionais serão construídas até 2012.
 
Gabinete vereador Sadao Nakai
3211-4126
sadaonakai@camarasantos.sp.gov.br
www.sadaonakai.com.br



Atalhos da página



Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, nº 1 - Vila Nova - Santos/SP

CEP: 11013-360
Telefone: (13) 3211- 4100

Horário de funcionamento: segunda a sexta - das 8h às 18h

Sessões: terças e quintas, a partir das 18h
 

 
Rede Corporativa e-Solution Backsite