Projeto destina saldo de recursos da Câmara para a Saúde

Em 4 anos, devolução foi de R$ 50 milhões

Compartilhe!

2 curtiram
Somente nos últimos quatro anos (2011, 2012, 2013 e 2014), a Câmara de Santos devolveu aos cofres da Prefeitura cerca de R$ 50 milhões. O recurso é saldo do orçamento do Legislativo, resultado de austeridade e de ações administrativas da Mesa Diretora.

Apesar de prevista na Lei Orgânica como uma das atribuições da Mesa Diretora, a devolução do dinheiro não tem destinação especificada. Proposta do vereador Sadao Nakai (PSDB) pretende "carimbar" esse recurso.

Conforme o Projeto de Emenda à Lei Orgânica apresentado pelo vereador nesta quinta-feira (dia 19 de março), qualquer valor devolvido pela Câmara à Tesouraria da Prefeitura ao final de cada ano, integrará a receita do Fundo Municipal de Saúde.

"Sabemos da importância dos serviços e programas de saúde oferecidos à população. Um bom exemplo é a reforma e ampliação do Hospital dos Estivadores, que quando estiver funcionado terá 223 novos leitos. Este é um setor que exige cada vez mais investimento do município. E acredito que podemos colaborar desta forma".

 

Assessoria do vereador Sadao Nakai
Andrea Rifer
imprensasadao@gmail.com
(13) 3211-4179 /  7810-5326