Comissão quer tornar Santos o epicentro do bicentenário da Independência

Compartilhe!

Curtir

 

COMISSÃO QUER TORNAR SANTOS O EPICENTRO DO BICENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA

 

A Câmara de Santos realizou no dia 29 de novembro, uma audiência pública para acompanhar a organização e ações referentes ao Bicentenário da Independência do Brasil em 2022, no Município. O encontro, que aconteceu no legislativo, foi a pedido da Comissão Especial de Vereadores (CEV), criada para esta finalidade.

 

A reunião foi conduzida pelo vereador e presidente da (CEV), Ademir Pestana e reuniu representantes da Prefeitura e sociedade civil. A assessora que representou a Deputada Federal Rosana Valle, Ana Luísa Duarte participou virtualmente. Relatou os encaminhamentos feitos pelo Gabinete que indicou à Presidência da República que, na comemoração dos 200 anos, a Capital Federal seja simbolicamente transferida para Santos. Pediu também que a Câmara dos Deputados realize sessão solene alusiva a José Bonifácio e ao 2º Centenário da Independência do Brasil.

 

Sobre a possibilidade de tornar o Pantheon dos Andradas Patrimônio Histórico, localizado no Centro da cidade, a deputada já fez esta solicitação junto ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

 

“Queremos colocar a cidade de Santos como protagonista e no epicentro desse processo histórico e decisivo, tendo como foco a figura do ilustre santista José Bonifácio”, disse Ademir Pestana.

Obras no Centro Histórico - O Secretário de Desenvolvimento Urbano da Prefeitura, Glaucus Farinello anunciou algumas ações para as comemorações, dentre elas: remodelar a Rua XV de Novembro transformando-a em um Bulevard da Independência, criar mural alusivo às comemorações e um memorial em homenagem à José Bonifácio, na Praça Mauá e, ainda, restaurar o Pantheon dos Andradas. Informou que licitações já estão em andamento e que todas as intervenções foram aprovadas pelo Condepasa.

Comissão Municipal – Em Santos as comemorações se darão no dia 7 de setembro de 2022. E para iniciar os preparativos, foi criada também uma Comissão Municipal, instituída pelo decreto 9.127 que irá planejar os eventos comemorativos à data em Santos. As explicações foram dadas pelo presidente da Fundação Memória e Arquivo de Santos (FAMS), Luiz Dias Guimarães. O órgão coordena a comissão. Já a secretária de Educação Cristina Barleta ressaltou o intenso trabalho realizado anualmente nas escolas em homenagem ao patriarca.

 

Propostas - Munícipes que participaram da audiência também apresentaram sugestões, como implantar na entrada da cidade um busto de José Bonifácio entalhado na pedra e colocar uma bandeira do Brasil na Praça Independência, no Gonzaga. O vereador Ademir Pestana solicitou por meio de requerimento que a Prefeitura crie um selo comemorativo alusivo ao Bicentenário da Independência. Partiu dele também, proposta encaminhada ao Ministro da Educação, Milton Ribeiro de viabilizar a implantação de alguns cursos em nível superior e pós-graduação na cidade, como de história e museologia.

 

Participaram da audiência, o Presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Santos, Sérgio Willians, o advogado José Geraldo Gomes Barbosa e o psiquiatra Arlindo Salgueiro que lidera o Movimento Memória José Bonifácio, ambos, grandes entusiastas da história do Patriarca da Independência. Salgueiro cobrou os monumentos já pleiteados junto ao Executivo. Barbosa disse que todas as conquistas pró memória de José Bonifácio, é uma luta de toda a sociedade.

Além do vereador Ademir Pestana, integram a comissão os vereadores: Audrey Kleys, Augusto Duarte, Bruno Orlandi, Fábio Duarte, Paulo Miyasiro e Telma de Souza.


Álbum de Fotos