Rede Corporativa
, 17 de junho de 2021.
08/06/2021
Perfil - Carlos Teixeira Filho
Vacina para pessoas com deficiência permanente sem BPC

 

A Câmara de Santos vai encaminhar indicação à Prefeitura solicitando que pessoas com deficiência permanente que não são cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) recebam a vacina contra a covid-19.
 
O BPC é garantido para pessoas com deficiência de qualquer idade que apresentem impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial e que tenham renda mensal per capita de até ¼ de salário mínimo. A vinculação a esse benefício está impedindo que algumas pessoas desse grupo prioritário recebam a vacina.
 
O tema foi levado ao plenário pelo vereador Cacá Teixeira (PSDB) nas duas últimas sessões. Ele citou o caso da munícipe Andrea de Lima Azevedo, que é tetraparética e que foi a um posto de vacinação e teve negada a vacina por não ter BPC. Para o parlamentar essa exigência “é um absurdo”, já que estabelece um critério socioeconômico para um grupo prioritário.
 
Na sessão de segunda-feira (dia 7) Cacá Teixeira argumentou que as pessoas com deficiência sem BPC constam no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19 e que algumas cidades já estão vacinando sem exigir a vinculação ao benefício. Por isso o vereador solicitou, por meio de indicação, que Santos adote a vacinação para pessoas com deficiência permanente sem o Benefício de Prestação Continuada.


Atalhos da página

Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, nº 1 - Vila Nova - Santos/SP

CEP: 11013-360
Telefone: (13) 3211- 4100

Horário de funcionamento: segunda a sexta - das 8h às 18h

Sessões: terças e quintas, a partir das 18h
 

 
Rede Corporativa e-Solution Backsite