Lascane quer educação inclusiva eficiente

Adaptação do espaço físico das escolas é fundamental

Compartilhe!

2 curtiram

Conhecendo os benefícios (até terapêuticos) que a educação inclusiva pode proporcionar aos alunos portadores de deficiência e avaliando a carga de trabalho dos professores nas salas de aula onde há inclusão, o vereador professor José Lascane apresentou requerimento em Plenário, questionando o Executivo sobre o número de alunos portadores de deficiência matriculados na rede municipal de ensino e, ainda, se aqueles com deficiência mais acentuada recebem acompanhamento diário de outro professor durante as aulas.

Para o legislador, a educação inclusiva foi um grande avanço, pois acontece no ambiente escolar uma importante interação do aluno portador de deficiência com as outras crianças. Outro aspecto destacado por Lascane é o cumprimento fiel da Constituição Federal que traz como um dos seus objetivos fundamentais a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação, define em seus artigos a educação como um direito de todos, garantindo o pleno desenvolvimento da pessoa, o exercício da cidadania e a qualificação para o trabalho; estabelece “igualdade de condições de acesso e permanência na escola” como um dos princípios para o ensino e garante a oferta do atendimento educacional especializado, preferencialmente na rede regular de ensino.

Entretanto, acredita que o aluno considerado especial precisa ser trabalhado individualmente, mas de modo articulado a todo o grupo da sala de aula, exigindo grande trabalho dos professores. Portanto, alunos portadores de necessidades especiais e professores precisam receber apoio para que as metas educacionais sejam atingidas e o objetivo da educação inclusiva seja realizado em sua plenitude.

Adaptação das escolas

Outra preocupação do vereador Prof. José Lascane é quanto à adaptação do espaço físico das escolas para receber alunos PNE, especialmente cadeirantes. O professor Lascane encaminhou recentemente requerimento ao Executivo solicitando informações sobre a existência dessa adaptação nas unidades municipais de ensino.

 

Liliam Fernandes

MTB 16.186

Assessoria de Comunicação