Câmara discute revitalização do Centro com comerciantes locais

Objetivo é qualificar a região, atraindo mais empregos, negócios e moradias

Compartilhe!

Curtir
A Câmara Municipal de Santos recebeu, na tarde desta quarta-feira (07/08), representantes do Grupo Técnico de Trabalho (GTT) do Centro, composto por membros do Conseg, CDL, Ouvidoria, Subprefeitura e comerciantes, para discutir medidas de revitalização desenvolvimento da região Central. 
 
O objetivo do grupo é criar condições para o desenvolvimento econômico e social da região. Entre os temas principais estão a atração de negócios e empregos, a qualificação de serviços públicos e a oferta de moradias.
 
O encontro ocorreu na Câmara em razão da análise de leis  direcionadas ao desenvolvimento da área central da Cidade. Tramita no Legislativo, por exemplo, o Projeto de Lei Complementar nº 52/2019, que trata do Programa de Incentivos Fiscais Santos Criativa voltado a prestadores de serviços e estabelecimentos comerciais na região do Centro. O PL está na Comissão Permanente de Justiça, Redação e Legislação Participativa e seguirá para a 1ª votação em plenário no próximo dia 19 de agosto.
 
O grupo foi recebido pelo presidente da Câmara, vereador Rui De Rosis, e pelo primeiro secretário, vereador Geonisio Pereira Aguiar, o Boquinha, membro da Comissão Especial de Vereadores (CEV), que trata de assuntos da região. 
 
“A revisão das leis vai estimular os investimentos nessa região, atrair moradias e serviços, além de fortalecer os comerciantes. Com isso, será possível gerar mais emprego e renda para a população", indicou o presidente.
 
O grupo pontuou, ainda, as necessidades que precisam ser implantadas com urgência para melhorar o comércio, como a criação de mais vagas de estacionamentos, estabelecimento de locais para embarque e desembarque, inclusive de cargas, e a efetividade do programa Vigilância Solidária, bem como o policiamento permanente e a consolidação de políticas sociais direcionadas aos moradores em situação de rua. 
 
Participaram representantes do Conselho Comunitário de Segurança (CONSEG ), da Subprefeitura da Região Central Histórica, da Ouvidoria Municipal, da diretoria da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santos, além de comerciantes locais.

Álbum de Fotos