Rede Corporativa
, 15 de julho de 2020.
12/06/2020
Perfil - Benedito Furtado de Andrade
Distribuição de coleiras é garantida por emenda parlamentar
Objetivo da Câmara é combater a leishmaniose
 

Foto: Divulgação
 
A Prefeitura deu início, nesta semana, à distribuição de coleiras com repelente que evitam a proliferação da leishmaniose nos cães do município. Equipes da Seção de Vigilância e Controle de Zoonoses  irão ao encontro de 291 cães em diversos bairros do município. A ação está realizada em virtude de uma emenda parlamentar do vereador Benedito Furtado (PSB), que destinou R$ 6.776,90 para a compra das coleiras. O parlamentar já havia encaminhado R$ 197.325,00 para a campanha de vacinação e mais R$ 58.110,00 para a aquisição do medicamento milteforam, usado no tratamento dos cães infectados.

A leishmaniose é uma doença altamente contagiosa que atingem os cães. Os sintomas variam de dois a três anos para aparecer no animal e podem incluir perda de peso, feridas no corpo e queda de pelos nas orelhas. Com o tempo, se não tratada, os órgãos internos como fígado, baço e pulmão são diretamente afetados. Quanto mais rápido for o diagnóstico, melhor se torna o tratamento e o controle da doença, que não tem cura. 

Os munícipes que suspeitem que seus cães apresentem sintomas de leishmaniose podem procurar a Codevida, caso não tenham condições de procurar uma clínica particular.  A Codevida fica na Avenida Francisco Manoel s/nº – Jabaquara, e está funcionado em período reduzido em função do novo coronavírus. É indicado agendar uma consulta através dos telefones 3203-5593 e 3203-5075 antes de levar o animal com suspeita de leishmaniose.
 
Histórico
A Câmara Municipal de Santos, através do vereador Benedito Furtado, vem tratando do tema desde 2017, onde realizou audiência pública para debater sobre “Causas e efeitos da leishmaniose sob a ótica do bem-estar animal”. 

Na época, houve suspeita que a doença, que atinge homens e animais através da picada de mosquitos, vinha aumentando signinficamente em áreas urbanas, com alguns casos registrados em Santos envolvendo cães. Naquele ano, Furtado já havia destinado R$ 337.000,00 para a realização de uma campanha contra a leishmaniose.
O tratamento da doença, principalmente nos cães, é um tema polêmico. Em muitos municípios, os animais são eutanasiados a fim de conter o avanço da leishmaniose.
 


Atalhos da página

Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, nº 1 - Vila Nova - Santos/SP

CEP: 11013-360
Telefone: (13) 3211- 4100

Horário de funcionamento: segunda a sexta - das 8h às 18h

Sessões: segundas e quintas, a partir das 18h
 

 
Rede Corporativa e-Solution Backsite