Rede Corporativa
, 12 de julho de 2020.
23/08/2004
Solenes
Solene homenageia os 70 anos da EE Canadá

Para um plenário repleto de representantes do corpo docente e discente, antigo e atual, da escola, Odair destacou a qualidade do ensino naquela unidade, que passou a ser um referencial para toda a região. “Tanto que para ingressar na 5ª série era preciso passar por um exame de admissão, tão rigoroso quanto um vestibular”.

 

Já a diretora da escola, Maria Helena Lopes Conteiro, agradeceu a homenagem e lembrou que os educadores mantêm o compromisso de educar e formar cidadãos plenos que norteou a criação do Canadá, no início do século passado.

 

No Canadá estudaram o escritor Pedro Bandeira; os atores Ney Latorraca, Cacilda Becker e Cláudio Mamberti; a reitora da UniSantos, Maria Helena Lambert; os vereadores Antonio Carlos Banha Joaquim, Marinaldo Mongon, Carlos Eduardo Adegas, José Carlos Vieira; os médicos César Augusto Conforti e Nei Romiti; o senador Aloísio Mercadante e muitas outras personalidades.

 

O Coral Maturessência, sob a regência da maestrina Sandra Moço, interpretou Triste Berrante, de Adalto Santos, e Ave Maria No Morro, de Erivelto Martins, cabendo ao Quarteto Amadeus, integrado por alunos do Canadá, o encerramento da cerimônia, ao som da Sinfonia do Novo Mundo, de Dvorad.

 

 

Saudação do Vereador Odair Gonzalez (PP)

Convido a todos a empreender uma viagem no tempo.

        

Uma viagem de volta ao passado...

 

Retrocedamos o calendário para a nossa infância de tão boas e saudosas lembranças.... rememoremos as brincadeiras nas ruas, ...o cheiro do bolo saído do forno...as roupas de festa...a autoridade paterna, que impunha respeito....a doce cumplicidade das mães...a emoção do primeiro uniforme.....A ESCOLA!

 

         Vamos voltar mais ainda...

 

No início do século passado, um dos locais de encontro de crianças, jovens e adultos era um campinho no Bairro do Boqueirão, onde turmas animadas demonstravam suas qualidades de esportista, mal sabendo que, em um futuro não tão distante, jogadores de futebol desfrutariam de fama e prestígio, e seriam disputados nos mais longínquos países graças a suas habilidades com os pés. 

 

Esse campinho, de propriedade da Companhia City of Santos Improvement, empresa canadense que explorava os serviços de energia elétrica e bondes, foi transformado depois em uma grande praça para onde convergia a sociedade da época.

 

Mas Santos crescia  e novas necessidades surgiam, sobretudo quanto à Educação, que sempre foi, felizmente, uma das principais preocupações da comunidade.

 

Graças à pressão exercida pelos exportadores de café, que não se conformavam de haver em Santos apenas classes de Primário em escola pública, o governador Armando de Salles Oliveira assinou, em 11 de agosto de 1934, decreto criando a Escola Estadual Canadá, o primeiro ginásio de Santos, permitindo às crianças a continuidade dos estudos.

 

Saudação na íntegra...

Agradecimento da Diretora da EE. Canadá

Agradeço a homenagem em nome da minha equipe pedagógica, corpo docente e discente, comunidade escolar aos ex-professores e ex-funcionários que fizeram parte da história da Escola Estadual Canadá, aos ex-alunos que se destacaram como profissionais de alto gabarito que tornaram-se referência para nossos jovens que precisam acreditar que também a escola pública pode ser o caminho para o sucesso revelando suas habilidades, seus talentos para enfrentar a competitividade do mundo moderno e que nada é impossível quando realmente se tem um sonho de realizaão pessoal e profissional.

"Ensinar é preciso, Aprender é necessário".

                   Maria Helena Lopes Contiero

                          Diretora da EE. Canadá



Atalhos da página



Praça Tenente Mauro Batista de Miranda, nº 1 - Vila Nova - Santos/SP

CEP: 11013-360
Telefone: (13) 3211- 4100

Horário de funcionamento: segunda a sexta - das 8h às 18h

Sessões: segundas e quintas, a partir das 18h
 

 
Rede Corporativa e-Solution Backsite